segunda-feira, 28 de maio de 2007

POR UM AMIGO MAIS FÚTIL


HOJE VOCÊ VOLTOU AO QUE ERA, ou melhor, ao que vem se transformando nos últimos tempos. Tão diferente do domingo passado, quando tomamos todas e DE REPENTE você estava tão leve, tão descontraído e espontâneo, falando o que vinha na cabeça sem se preocupar com a organização das palavras. Rimos como não fazíamos há muito tempo e eu tenho que confessar, já havia esquecido de como sua companhia podia ser tão divertida. É na esperança de que outras tardes como aquela se repita que eu vou falar.

DESENCANA CARA. A vida não é um 'Jogo do Milhão' onde aquele que demonstra mais conhecimento e acerta todas as respostas leva o grande prêmio. Essa tua necessidade de se mostrar o mais inteligente, o mais culto, o mais informado só te deixa patético. Para que tanta erudição, me diz? Você se transformou no 'típico recalcado com pinta de intelectual'. Foi se escondendo por trás dessa imagem pré-fabricada, um misto de análise crítica do caderno cultural e artigo científico ambulante, jorrando nomenclaturas, teorias filosóficas e sacadas da física quântica. Por que isso, hein? Porque ainda não passa de um menininho que acha que sendo o primeiro da classe vai conquistar a admiração dos coleguinhas e provar para os pais que é mais digno de atenção do que o irmão predileto? Quanta ingenuidade. Ingenuidade não, falta de noção mesmo. Pois você não escolhe nem hora nem lugar para nos alugar com suas demonstrações sobre os seus conhecimentos de política sociocultural e neuro inteligência. Lamento informar meu querido, mas tudo isso é um saco. Tanto que quando vejo você tagarelando sobre essas coisas, compreendo cada vez mais a importância que as pessoas fúteis têm. Porque elas não vêem problema em nada, porque não param para pensar em nada, e por isso mesmo, são tão leves e divertidas. Ótimas companhias.

PARA QUE TANTA COMUNICAÇÃO? Quando é que você vai parar de se expressar?

VEJA BEM, um amigo ao qual te apresentei recentemente comentou que à princípio até te achou uma pessoa bacana - 'bacana': percebe a sutileza do adjetivo usado? -, mas que conversar com você foi se tornando impossível, pois você engatou numa verborragia sem fim, não dando a ele chance para interagir, tendo que por fim recorrer a uma determinada artimanha para se livrar de você. Muito triste isso. Essa sedução hipnótica pelo próprio discurso. E eu pergunto: "Onde se aplica aí aquela velha máxima das relações interpessoais que diz: "Mais importante que falar, é ouvir"? Será que você ainda sabe como funciona o complexo mecanismo da escuta? Portanto, tente ser você com mais leveza. Não precisa forçar uma barra. Pois o tempo faz com que a gente adquira a embocadura suficiente para que determinados assuntos soem naturais saídos de nossa boca e não dando a sensação de decoreba da crítica do Arnaldo Jabor. Pois qualquer um percebe quando falamos ou não através de nossas próprias idéias. E lembre-se: usar a boca para outras coisas que não seja falar, como beijar, por exemplo, faz um bem danado. Experimenta vai. Sua pele tá precisando.

PS: Inspirado ou baseado na carta Prezada Mulherzinha, da Fernanda Young.

3 comentários:

Leandro disse...

Como sempre... Fernanda Young, diretíssima... ela não é nem um pouco sutil quando quer, ela diz e diz na cara mesmo, doa a quem doer!! ahuahau... O texto ficou bem com o "jeitão" daquele que eu publiquei no orkut, "Para os que me odeiam".
Uma vez li ou ouvi, não lembro bem, em algum lugar, uma frase que dizia algo mais ou menos assim: "Se fôssemos feitos para falar mais do que ouvir, Deus nos teria feito com duas bocas e apenas um ouvido."
Parabéns pelo texto Ary! Você está simplesmente dando um show em seus textos!!!!!!
Abraçoooooooo
Leandro

Cris disse...

Ari, conforme havia comentado na comunidade, gostei tanto que resolvi postar.
Caso queira conferir o link é:
http://blogpensamentosinsanos.blogspot.com/2007/06/carta-por-um-amigo-mais-ftil.html
Meu blog está meio devagar pq entrei num ritmo frenético no trabalho, mas darei um gas nele.
Bom, é isso...
Continue escrevendo, vc faz isso muito bem!! Bjkas, Cris

Cris disse...

Olá! obrigada pela visita! Sempre que puder passarei por aqui.
A propósito, coloquei seu blog entre meus favoritos...
Bjkas!
Cris